revistaSIM Decoracao Dicas de iluminacao DESTAQUE Credito Denny Lako 1155x500 - Confira um conteúdo completo com dicas sobre  iluminação!

Confira um conteúdo completo com dicas sobre iluminação!

Um dos pontos mais importantes em um projeto de arquitetura é o uso correto da iluminação, por isso, preparamos para você um conteúdo completo com muitas dicas sobre este assunto. Ouvimos os arquitetos Erika Mello e Renato Andrade, à frente do Andrade & Mello Arquitetura, que ensinam agora algumas regrinhas para evitar erros nesse quesito.

svg%3E - Confira um conteúdo completo com dicas sobre  iluminação!
É preciso estar atento aos detalhes da iluminação (Foto: Santiago Cornejo Shutterstock).

“Cada ambiente pede soluções diferentes devido as inúmeras funções, por isso, requerem um projeto luminotécnico personalizado, levando em conta, principalmente, a usabilidade e a entrada de luz natural”, explica Erika.

O arquiteto Renato Andrade destaca também como se inicia o pensamento da iluminação nos trabalhos da arquitetura,  “Um projeto de iluminação começa pelo briefing do espaço, além do plano de atividades da família, que nos permite pensar nas sombras e na relação da iluminação com as cores escolhidas para o espaço”.

Saiba as dicas sobre os tipos de iluminação

Iluminação Direta

Mas, você sabe o que é luz direta, difusa e indireta?  A direta tem como foco iluminar um ponto específico, como quadros e esculturas que merecem destaque. Para esse tipo de iluminação, prefira o uso de luz neutra e lâmpada de LED, pois praticamente não esquentam o objeto iluminado.

Iluminação Indireta

Já a iluminação indireta torna o ambiente mais intimista e confortável visualmente. Esse tipo é muito adotado quando existe rebaixamento de gesso e forros de teto, permitindo que a luz seja direcionada a uma superfície e assim, refletida em diversas direções, tudo isso para iluminar os cômodos de forma uniforme.

Iluminação Difusa

Outra forma de iluminação dos ambientes é a difusa, em que as lâmpadas são de vidro leitoso, quebrando a intensidade da luz sem diminuir a capacidade de luminosidade. Ela garante uma luz uniforme e suave, fazendo com que todo o ambiente receba iluminação sem praticamente criar sombras.

Anote as dicas de iluminação ! Luz quente ou luz fria?

Para classificar a tonalidade de luz foi desenvolvido um sistema chamado de temperatura de cor. O sistema determina que quanto mais alta for à temperatura da cor, mais clara será a tonalidade da luz. Anote as dicas de iluminação!

  • Valores até 3.500K: Referem-se à luz branca quente, com tonalidade amarelada. E tem como característica deixar o ambiente com aspecto de maior relaxamento e aconchego.
  • Valores entre 3.500K e 4.500K: Referem-se à luz branca neutra, que mais chega perto da luz do dia, e por isso, não distorce as cores reais dos objetos.
  • A partir de 5.500K: Luz branca fria, essa tonalidade possui maior dinamismo, e é recomenda para locais que necessitam de mais iluminação.

Confira as dicas de iluminação para os cantos da casa

Sala de estar

svg%3E - Confira um conteúdo completo com dicas sobre  iluminação!
Uma boa iluminação faz toda a diferença (Foto: Luis Gomes).

Por ser um ambiente multiuso, ele pede por cenários com diferentes graduações. Convém usar a luz indireta, que ajuda a criar um clima intimista, assim como optar por uma iluminação mais geral, que possibilita clarear o espaço de forma homogênea.

svg%3E - Confira um conteúdo completo com dicas sobre  iluminação!
Pontos de luz precisos para destacar pontos da casa (Foto: Luis Gomes).

Sala de jantar

svg%3E - Confira um conteúdo completo com dicas sobre  iluminação!
A iluminação tem o poder gerar uma sensação de aconchego (Foto: Emerson Rodrigues).

O ambiente também pede uma iluminação geral e uma direta, geralmente proporcionada por um pendente no centro da mesa, garantindo a luminosidade para baixo, iluminando a mesa e conquistando um clima intimista.

Cozinhas

svg%3E - Confira um conteúdo completo com dicas sobre  iluminação!
A luz está presente em todos os cantos das casas (Foto: Luis Gomes).

Se o ambiente fizer parte integrante da área social é importante seguir a mesma iluminação do restante do apartamento. “Para a luz geral, costumamos usar plafons embutidos com difusor na mesma temperatura de cor da sala”, revela Renato. Na área da pia, a opção por uma fita de LED embaixo do armário aéreo ajuda a trazer luz para a bancada.

Tem dicas de iluminação para os banheiros também

Os arquitetos costumam trabalhar a iluminação do banheiro da mesma forma que a da cozinha. Porém, para esse ambiente costumam colocar uma iluminação embutida difusa, e quase não usar plafon. “Essa escolha se dá porque, em geral, o banheiro tem o gesso rebaixado”, fala Erika.  Outro ponto interessante é fazer uma iluminação nas laterais do espelho usando arandelas.

Dormitórios

svg%3E - Confira um conteúdo completo com dicas sobre  iluminação!
A luz gera diversas sensações (Foto: Luis Gomes).

Para os quartos, é preciso trazer uma iluminação mais acolhedora e intimista. Além disso, as luzes difusas ou indiretas não ofuscam quem está deitado e trazem essa sensação de aconchego. Ao lado da cabeceira, é indicado usar um abajur ou pendente para uma iluminação pontual, e como  iluminação geral, a sugestão é usar uma luminária com dois comandos, um facho direto para baixo e outro foco indireto para cima, mais suave.

Portanto, no nosso site, você ainda confere muitos outros conteúdos e dicas sobre o tema da iluminação.

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.