4c 1155x770 - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar

Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar

A integração de ambientes é uma prática que agrega conforto e praticidade a um ambiente. Com os imóveis cada vez menores a saída para driblar a metragem reduzida é dar adeus às paredes a fim de manter living e sala de jantar contíguas. O desafio, neste caso, é garantir uma decoração harmoniosa. Para isso, temos as dicas da arquiteta Isadora Araujo, do Panapaná Estúdio de Projetos, para você se inspirar. Tome nota!

Escolha dos móveis

48 1024x682 - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar
A integração dos ambientes agrega conforto e praticidade ao local. Projeto assinado pelo escritório AS Design Arquitetura ( Foto: Rafael Renzo).

“Tudo depende do estilo eleito e muitas vezes o mix é o que torna um estilo único. Não há regra sobre essa mistura, desde que os tons dos materiais sejam harmônicos. Recomendo evitar a combinação de materiais naturais com artificiais que imitam seu acabamento, pois acaba ressaltando a artificialidade”, sugere a arquiteta.

Na seleção de móveis, é importante ter atenção à circulação, sem comprometer a passagem. Na sala de jantar também é preciso se atentar ao número de pessoas da casa, atendendo a necessidade mínima dos moradores. “É a escolha da mesa que vai determinar o modelo de cadeira, sejam mais largas, altas ou estreitas, além de direcionar se haverá altura suficiente para braços ou não”, revela Isadora.

50 - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar
A harmonia nas escolha dos móveis faz toda a diferença. Projeto assinado pelo escritório AS Design Arquitetura ( Foto: Rafael Renzo).

Ainda no jantar, móveis de apoio são bem-vindos para tornar o ambiente mais funcional, desde que sejam compatíveis ao tamanho do lugar. “O buffet é uma opção muito útil para salas de jantar. Quando não houver espaço, ou se for necessário esconder as costas de um sofá na divisão com o estar, um aparador sob medida é uma ótima solução e poderá fazer às vezes de buffet”, comenta Isadora.

Para o living, o sofá precisa ser o mais confortável possível. Mesas de centro são excelentes elementos de apoio,  mas é necessário atenção devido ao pouco espaço dos ambientes. Poltronas ou pufes também são indicados, pois servem como assento extra ou apoio de pés, criando uma chaise mais flexível em ambientes menores.

Decoração para Integração de ambientes

unnamed 7 1024x684 - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar
Aqui o apartamento faz uso da decoração de acordo com as predileções dos moradores . Projeto Panapaná Estúdio de Projetos (Foto: Rafael Roncato/UOL).

Os itens decorativos, como almofadas, tapetes, vasos e quadros são os mesmos usados em ambientes com divisórias, porém, assim como na escolha dos móveis, a decoração também precisa manter a harmonia visual entre os cômodos com diferentes funções.

4e - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar
A aposta nos itens de decoração faz toda a diferença. Projeto assinado pelo escritório AS Design Arquitetura ( Foto: Rafael Renzo).

Para o sofá, as almofadas devem trazer a personalidade dos moradores e compor com o restante da paleta de cores do ambiente. “Gosto de almofadas com tecidos confortáveis ao toque e de boa firmeza. Os tecidos devem remeter, sutilmente, ao tecido do sofá, seja pela cor ou pelo estilo”, conta Isadora. Plantas também são elementos bem-vindos. “Neste caso, indico cactos, suculentas e jiboias, ótimas em ambientes internos porque demandam poucos cuidados.” Outro item decorativo essencial são os quadros. “São fundamentais para a decoração. As esculturas de parede também são ótimas alternativas para esses pontos.”

Iluminação

unnamed 8 1024x684 - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar
Neste projeto soluções para decoração e espaço, são o destaque . Trabalho do Panapaná Estúdio de Projetos (Foto: Rafael Roncato/UOL).

“Para salas integradas é interessante ter um estilo base geral, com spots, por exemplo, e pontos específicos definidos conforme o uso”, explica a arquiteta. Já na sala de jantar, além da iluminação geral, os pendentes criam um cenário mais intimista. “Temos um padrão ergonômico de 70 a 80 cm de altura da superfície da mesa para a instalação do pendente”, finaliza Isadora.

Confira os detalhes do projeto da AS Design Arquitetura que alia a integração de ambientes

4a 1024x682 - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar
É importante ter atenção à circulação, sem comprometer a passagem. Projeto assinado pelo escritório AS Design Arquitetura ( Foto: Rafael Renzo).

No projeto assinado pelo escritório AS Design Arquitetura, composto pela arquiteta Fernanda Sebrian e a designer de interiores Gabriella Amadei, o apartamento de 195m² foi desenvolvido para um casal com duas filhas. O projeto partiu da integração do terraço com o living, que antes era fechado. Foi criada uma sala única e integrada ao terraço, nivelando o piso e dando continuidade com o mesmo revestimento, retirado o caixilho e nivelado o piso com o living.

A madeira na cor Freijó entrou para aquecer o ambiente. Foi proposto um living amplo e único para integração total e criado um grande banco em todo terraço. As profissionais criaram uma estante atrás do sofá que segue como um painel para o terraço, escondendo um pilar existente entre os ambientes.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
1 Marca CAU PE 390x390 - Integração de ambientes: separamos dicas para você se inspirar
CAU PE: conheça o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Pernambuco