Sala Ilha do Ferro: Uma homenagem ao povoado Alagoano

Casacor Pernambuco 2019

A Sala Ilha de Ferro, projeto da arquiteta Clarissa Lopes, presta uma homenagem à arte popular brasileira, mais especificamente ao povoado alagoano que dá nome ao ambiente. A concepção do espaço procura unir a estética bucólica a uma esfera contemporânea, e destaca obras de diversos artesãos alagoanos e pernambucanos.

O espaço aposta no imaginário lúdico do povoado da Ilha do Ferro, local situado às margens do Rio São Francisco e conhecido por ser um celeiro de grandes artistas do país, especialmente na área de carpintaria.

Os artesãos do local são famosos por conseguirem transformar raízes de madeira em cadeiras, esculturas de pássaros, lagartos, e mais uma grande variedade de obras. Mesmo rústicas, as peças carregam uma delicadeza muito peculiar, e são essas característica que a sala busca representar.

A estética bucólica também divide o protagonismo do espaço com móveis contemporâneos assinados por designers brasileiros consagrados. Essa conexão com o urbano é a proposta de Clarissa, que une dois mundos tão distintos em um mesmo ambiente – moderno e primitivo.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019- Crédito de fotos: Morgana Nunes

A arquiteta explica que o objetivo da Sala Ilha de Ferro é desenvolver um espaço “que destaque a cultura rústica, mas que esteja aliada ao novo e que tenha elementos urbanos e modernos”, afirma Clarissa.

As cores fortes, principalmente o fundo preto, são elementos fundamentais na sala, pois acrescenta um ar cenográfico que destaca o colorido das peças, que são de fato o ponto alto de todo o projeto. O mobiliário em madeira também garante um tom de simplicidade típica da região homenageada.

Ganham destaque, ainda, uma estante desenhada pela arquiteta e a cadeira do artesão alagoano Jasson, que já esteve exposta em abril deste ano no Salão Internacional do Móvel de Milão, considerado o maior evento de casa, decoração, design e móveis do mundo.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019- Crédito de fotos: Morgana Nunes

Mesmo rústicas e com traços fortes, as peças de barro, madeira e cerâmica não perdem a delicadeza e casam perfeitamente com a proposta da sala. É o caso das peças da artesã Sil das Alagoas, que carregam bastante realismo e refinamento, e conseguem alternar o traço forte com a suavidade. Essas obras realmente impressionam pela riqueza de detalhes e cumprem o papel de exaltar a cultura e a arte nacional.

Além de peças do povoado da Ilha do Ferro, marcam presença também obras de outros artistas alagoanos, como o designer e arquiteto Rodrigo Ambrosio; Dona Irinéia, de União dos Palmares/AL; Jasson, de Belo Monte/AL; Aberaldo Santos, de Pão de Açúcar/AL; Antonio de Dedé, de Lagoa da Canoa/AL; Valmir Lessa, de Ilha do Ferro/AL. Artistas pernambucanos também estão no ambiente, como Nicola e Mestre Fida, de Garanhuns/PE.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019- Crédito de fotos: Morgana Nunes

A brasilidade contida na Sala Ilha de Ferro também faz a ponte com a temática desta 22ª CASACOR PE que é “Planeta Casa”, destacando recursos naturais típicos do país, além da importância da preservação e da sustentabilidade para mantermos esses recursos existentes em nosso país.

Entre os colaboradores que contribuíram para o projeto estão Tintas Coral, LG, Castelatto, Allume Iluminação, Arbor Cortinas e a Galeria Karandash.

Saiba mais em Casacor Pernambuco 2019

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *