Anote as dicas para montar um quarto de bebê com a técnica Montessori

Projeto Triarq Studio de Arquitetura Foto Carla D’aqui - Anote as dicas para montar um quarto de bebê com a técnica Montessori

Uma técnica que vem ganhando espaço no mundo infantil é a Montessori, onde o quarto da criança é todo projetado para atender as necessidades de acordo com o seu crescimento. O método tem como objetivo proporcionar aos pequenos autonomia e liberdade para que eles possam se expressar. Fomos em busca de dicas para as mamães leitoras se inspirarem. As dicas preciosas são da arquiteta Ana Yoshida, do escritório Ana Yoshida Arquitetura e Interiores.

Anote as dicas da técnica Montessori:

Foque no essencial

 quarto com a técnica Montessori foto Luís Gomes
O método tem como objetivo proporcionar aos pequenos autonomia e liberdade para que eles possam se expressar (Foto: Luís Gomes).

“Brinquedos, roupas e móveis cumprem funções cada qual em seu lugar, sem encher completamente o espaço na tão característica baguncinha de criança. Com a quantidade de itens reduzida, o ambiente fica mais agradável e organizado. Além disso, a criança é poupada de estímulos em excesso, podendo focar nos pertences que tem à mão”, conta a arquiteta.

Desapegue do berço

 quarto com a técnica Montessori foto Luís Gomes
Na técnica Montessori, o espaço é projetado para atender as necessidades da criança de acordo com o seu crescimento (Foto: Luís Gomes ).

“A independência do bebê é o principal pilar da linha Montessori, refletindo até na maneira como ele dorme. Os berços restringem o movimento, deixando o pequeno completamente dependente dos pais para dormir, entrar e sair da própria cama. A cama encostada no chão confere a liberdade necessária sobre a vontade de dormir ou não, sem a interferência dos pais”, explica Yoshida.

Decore de acordo com o tamanho da criança

 quarto com a técnica Montessori foto Luís Gomes
De acordo com a técnica, tudo deve ser equilibrado e pensado de acordo com a necessidade da criança ( Foto: Luís Gomes).

“O estilo montessoriano foi solicitado pela mãe para esse quarto desde o início. O espaço é PP, criado com o desafio de ser uma redivisão da sala, que por sua vez foi ampliada. Apesar disso, as medidas são equilibradas e pensadas exatamente de acordo com as necessidades da mãe e do menino.  O que é importante e permitido fica sempre à mão da criança nas prateleiras mais baixas. Alguns quadros estão em prateleiras altas, mas muita arte também está à altura dos olhos do bebê, para que não só os pais possam vê-las com clareza”, revela a arquiteta.

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *