Design lúdico e afetivo na Sala de Brincar

Casacor Pernambuco 2019

O projeto do Studio M2 Arquitetas, comandado pelas arquitetas Marina Machado e Kareny Melo, propõe uma forma de pais e filhos estreitarem laços passando mais tempo juntos na Sala de Brincar.

O espaço de 33m² foi pensado para estimular a criatividade dos pequenos, explorando diversas brincadeiras através de um design lúdico e afetivo, que também busca criar boas memória e conexões com o ambiente.

Todo o conceito da Sala de Brincar foi desenvolvido com base em estudos de métodos educacionais aplicados na arquitetura como o Montessoriano e a Disciplina Positiva. O Método Montessori é resultado de pesquisas científicas e empíricas desenvolvidos pela médica e pedagoga Maria Montessori, e enfatiza a liberdade e o desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas da criança. Já a Disciplina Positiva, de Jane Nelson, defende uma relação de parceria com os filhos, baseada na empatia.

Ambos conceitos estão integrados ao ambiente, a fim de contribuir para um desenvolvimento saudável e criativo das crianças enquanto estão na sala. A arquiteta Marina Machado destaca um dos principais pontos da Sala de Brincar: “Tudo no ambiente é na altura da criança, para que ela seja autossuficiente e possa explorar e dominar ao máximo todos os cantos da sala”, explica.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019- Crédito das fotos: Divulgação/Studio M2

O espaço bem colorido, inspirado nos filhos de Dulce Gayoso, do Mãetamorfose, incentiva a brincadeira em todos os cantinhos, do chão ao teto. No chão, inclusive, o piso granilite tem tesouros escondidos, possibilitando uma nova surpresa a cada visita à sala, que conta ainda com palco, piscina de bolinhas e casa na árvore, com a árvore sendo assinada pela artista plástica Náiade Lins e a casinha feita sob medida pela Casttini.

Tanto a paleta de cores quanto o mobiliário foram pensados para que a criança se sinta livre para brincar do que quiser, sem distinções de gênero. Foi uma preocupação das arquitetas, inclusive, que a casinha não ficasse restrita à “brincadeira de menina”.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019- Crédito das fotos: Divulgação/Studio M2

Todo o mobiliário da Sala de Brincar foi feito sob medida para o projeto. Entre os destaques neste campo está o sofá modulado desenhado pelas arquitetas e produzido pela Livre Decor, que chama a atenção por ser um quebra-cabeça, completamente adaptável para diversas necessidades.

Além da casinha na árvore, a Casttini também assinou toda a marcenaria do espaço, inclusive o deque de madeira que é um palco e funciona como um cantinho de leitura para as crianças. A escolha da madeira, em tom mais claro, tem o ideal de aquecer a sala e torná-la ainda mais aconchegante.

Na parte de decoração, o papel de parede, que também é da Livre Decor, remete a pingos de tinta, representando a criatividade da criança. A parede é assinada pelo ilustrador Helton Rodrigues de França, enquanto as estantes aparecem cheias de brinquedos clássicos, de madeira e pano, além de livros, uma vez que a sala tem também a proposta de incentivar a leitura.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019- Crédito das fotos: Divulgação/Studio M2

Não é estranhar que a Sala de Brincar chame a atenção da maioria dos visitantes. Com um ambiente tão agradável e inspirador, não é só as crianças que se interessam em passar um tempo na sala.

Join the discussion

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *