Casacor Pernambuco 2019

A arquiteta responsável pelo Novo Quintal é Adriana Diniz, que se inspirou no resgate do brincar livre para criar o projeto presente na 22ª edição da CASACOR Pernambuco. Através de um espaço seguro e criado para estimular o sonho e a criatividade, no Novo Quintal as crianças são livres para desenvolver, explorar, descobrir e brincar com autonomia.

Segundo a criadora do projeto: “Priorizamos o contato da criança com a natureza sem a interferência de brinquedos eletrônicos, e sem a imposição de como a brincadeira deve acontecer”. Essa liberdade é o diferencial do espaço, que também ajuda a integrar pais e filhos.

Entre os materiais utilizados na ambientação, a prioridade da arquiteta foi por utilizar materiais de fácil manutenção: porcelanato no piso interno, piso cimentício intertravado e grama na área externa, madeira Pinus de reflorestamento e laminados nos móveis e alguns equipamentos, metalon e cordas.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Anderson Freire

O Novo Quintal apresenta uma área de 76m² e traz uma paleta de cores com predominância de tons como amarelo, turquesa, verde, rosa, cinzas, entre outros. A ideia é estampar a identidade visual do espaço através da paleta, além de criar uma composição harmônica com os brinquedos populares que se destacam no ambiente.

Os brinquedos, por sinal, foram concebidos por designers brasileiros, bem como brinquedos não estruturados, quase todos feitos em madeira. Já o mobiliário foi desenvolvido com foco em equipamentos sensoriais e motores exclusivos para crianças de diferentes faixas etárias.

“Construímos uma parede de porcelanato para as crianças pintarem livremente, tanquinhos para as crianças lavarem as mãos com autonomia, hortinha, balanço preso na árvore, camarim com fantasias, casinha de brincar, piscina de bolinhas, tanque de areia colorida e um mini ateliê de artes”, conta a arquiteta.

Para atender aos diversos tipos de atividades desenvolvidas espaço, Adriana por uma iluminação que proporciona um conforto visual sem dramaticidade com pendentes na área do mini ateliê, trazendo aconchego e embutidos de lâmpadas dicroicas Led, sancas (fitas de Led), e plafons na área interna, além de refletores na área externa.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Anderson Freire

Vale ressaltar que Adriana sempre prioriza vivências artísticas em seus projetos itinerantes, e o Novo Quintal segue essa tendência com as obras do artista plástico Manoel Quitério. Todo o projeto foi inspirado nas teorias e premissas do Novo Quintal, casa de brincar, que desde 2017, através de vivências lúdicas e educativas, vem trabalhando questões fundamentais ao amadurecimento infantil.

O resultado foi exatamente o esperado pela arquiteta: “Acredito que conseguimos desenvolver um lugar que transmite acolhimento, diversão, ludicidade e criatividade para as crianças e suas famílias”, comenta Adriana.

Durante toda a mostra, o Novo Quintal também disponibilizará atividades lúdicas e educativas, que foram desenvolvidas para crianças desde os 6 meses até os 12 anos. As atividades exploram o espaço com areia, a hortinha – estimulando a sustentabilidade -, a parede para pintar, o ateliê de atividades, camarim com fantasias, casinha de brincar, piscina de bolinhas, circuitos motores e sensoriais, brinquedos populares e não estruturados.

Cada cantinho do projeto foi, de fato, pensado para estimular o sonho e a criatividade dos pequenos e suas famílias.

Casacor Pernambuco 2019

Desenvolvido pela dupla de arquitetos Luis Dubeux e João Vasconcelos, do Dubeux Vasconcelos Arquitetura, em parceria com a Vivix Vidros Planos, o restaurante foi inspirado nos contornos de um cubo mágico e envelopado por vidro, que ora reflete o verde do entorno, ora explode luz.

O cubo de vidro flutuante une sustentabilidade e tecnologia em uma construção atual e sofisticada, ocupando a maior área da 22ª edição da CASACOR Pernambuco, com 150m².

A integração com a natureza externa que abraça o Restaurante Vivix é proporcionada pelo uso do vidro da linha Vivix Performa Duo, na cor verde intenso, que compõe toda a fachada da edificação, inclusive o teto, causando um efeito de transparência ou reflexo, a depender do foco da luz do dia.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Denilson Machado

O grande diferencial arquitetônico do projeto é unir sustentabilidade, sistemas construtivos limpos, tecnologia de ponta, mobiliário exclusivo e estética contemporânea em sua concepção.

Ao cair da noite os visitantes são surpreendidos com uma ilusão de ótica que dá a impressão do cubo de vidro estar flutuando. Isso acontece porque a estrutura da edificação é suspensa a 30cm do piso e rodeada por uma fita de LED que é acesa à noite, proporcionando a impressão de que o estabelecimento está solto no ar, como um cubo de vidro flutuante.

Apostando no conceito de explorar ao máximo os elementos naturais na construção e na ambientação do espaço, preservando 100% da vegetação existente, o restaurante foi colocado entre as árvores do casarão onde acontece a mostra, valorizando os coqueiros e as mangueiras presentes. De acordo com os arquitetos: “O projeto tem uma vida longa quando utilizamos a verdade dos materiais. Estamos utilizando vidro, madeira, o verde da natureza e a água. Evitamos o ‘fake’ que hoje em dia existe muito. O projeto tem atemporalidade quando os materiais são naturais”, explicam.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Denilson Machado

Em apenas 40 dias, a dupla de arquitetos iniciou a instalação e entregou o Restaurante Vivix à CASACOR PE 2019, com estrutura totalmente montada e decoração concluída, graças ao uso de modernas tecnologias. Na entrada do restaurante há uma cascata de água recepcionando os visitantes, oferecendo uma experiência multissensorial.

Adentrando o ambiente, na lateral, uma adega de vinhos poderá ser vista dentro e fora do ambiente, com abertura que permite a visão das garrafas de ambos os lados, efeito esse proporcionado pela transparência do vidro Vivix Performa Duo que rodeia toda a fachada do restaurante.

O espaçoso bar do espaço traz um painel escalonado revestido pela pedra natural e brasileira Quartzito Silver, em diferentes tons de cinza, e o vidro Vivix Decora preto em uma proposta mais intimista. No lounge, uma parede toda de espelho da linha Vivix Spelia na cor cinza, funciona para dar uma alongada no espaço, enquanto o mobiliário, todo na cor preta, é assinado pelo designer Jader Almeida.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Denilson Machado

O piso em porcelanato fosco do salão principal é listrado nas cores cinza e azul marinho, fazendo um contraste harmônico entre o brilho do vidro e a opacidade da cerâmica. Das 12 mesas que acomodam os visitantes no salão, três são assimétricas, e todas são feitas de vidro laminado da linha Vivix amina translúcido.

Casacor Pernambuco 2019

O trio de arquitetos Rafael Amaral Tenório, Franciele Menegotto e Anna Karla Medeiros apostou em levar para a CASACOR Pernambuco 2019, um espaço que representa as mulheres modernas e antenadas. “Nossa inspiração foi o novo conceito de feminino, que não está ligado a definições como sexo frágil ou cor-de-rosa, mas sim, à força, à independência e ao empoderamento das mulheres”, explicam os profissionais.

Com 40m², o Estúdio da Empreendedora mostra que é possível aliar estética e funcionalidade em quatro ambientes totalmente integrados e que conversam entre si. Todos os elementos – cores, texturas, peças de design, artesanato e vegetação – foram pensados nos mínimos detalhes para passar a sensação de que é possível viver perfeitamente bem em um espaço reduzido, mas que é funcional e cheio de personalidade.

O ambiente usa de diversos materiais, como o revestimento laminado London (Eucafloor), fornecido pela Habitare, o cobogó Itacoa (Gauss) e as cerâmicas Marrakesh (Decortiles) que revestem o banheiro, ambos fornecidos pela Casa Revest, além de forro acústico e textura cimentícia, ambos Saint-Gobain, e o vidro Performa, da Vivix, usados tanto no fechamento das janelas, como no box do banheiro.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: João Paulo Oliveira

Para as bancadas, foi escolhido o granito Orinoco, encontrado na Arte Pedras. Já no mobiliário vemos aço, estrutura metálica, tecidos como linho e veludo, e acabamentos amadeirados.

O Estúdio da Empreendedora é dividido em sala, cozinha, quarto e banheiro, tudo inteiramente integrado. A cor predominante é o azul, que reveste todo o teto do espaço, com exceção de uma parte que foi executada em forro acústico na cor preta, da Saint-Gobain.

O azul segue também com tonalidades diferentes nas poltronas e no sofá, fazendo um ton sur ton no ambiente. “O projeto foi pensado para uma figura feminina, e por isso optamos por usar tons mais sóbrios, quebrando o paradigma de que espaços femininos sempre seguem cores mais neutras e claras”, explicam os arquitetos.

O espaço ainda apresenta diversas peças de Jader Almeida, como as mesas de apoio Jardim, o carrinho de bar Teca, e o banco Phillips. A poltrona Átomo, da sala de estar, é da Jaqueline Terpins, e a poltrona Voltaire, que está no quarto, é de Sergio Rodrigues, designer que também fornece o banco Mocho. Por fim, uma das peças de decoração é o Eames Elephant, de Charles & Ray Eams.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: João Paulo Oliveira

Já o escritório desenvolveu as seguintes peças: duas estantes, uma para a sala/cozinha, e outra para o quarto, feitas em estrutura metálica, com prateleiras em madeira carbonizada, executadas pela Mundo Eco. Também foi da Mundo Eco a estrutura da bancada do banheiro.

Toda parte em granito também foi desenho do escritório, utilizando o granito Orinoco, fornecido e executado pela Arte Pedras, assim como os modulados da Casttini, hack da sala e gaveteiro do quarto.

A iluminação foi feita em parceria com um light designer, Gerardo Fonseca, e a ideia foi explorar todo o perímetro do ambiente, sem utilizar iluminação central, apenas focos e iluminação indireta.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: João Paulo Oliveira

O resultado é um ambiente maduro, com personalidade, e ao mesmo tempo usual, que poderia ser tranquilamente o lar de uma mulher empoderada.

Casacor Pernambuco 2019

O escritório Poligonus Arquitetura é o responsável pelo espaço Cinema Zafiro, assinado pelos três arquitetos Manoela Pires, Renata Paraíso e Thiago Valença. O ambiente cria um verdadeiro cinema com poltronas e equipamentos de última geração, mas ainda sendo um ambiente totalmente pensado para uma residência.

A preocupação do espaço é entregar uma experiência única aos visitantes, através de uma composição harmoniosa entre som, imagem, e luz. O caminho traçado pela incidência da luz, revelado a partir de uma composição de cobogós, conduz o visitante através de circuito sensorial, que combina acústica e uma potente tela de duzentas polegadas.

O projeto inédito é uma parceria entre a Zafiro Automação Residencial e Corporativa e o Escritório Poligonus. A proposta dos arquitetos é uma das grandes novidades da CASACOR Pernambuco 2019, sendo uma sala de cinema prime completíssima, com capacidade para 20 pessoas e todo o conforto e qualidade técnica que o ambiente exige.

Cláudio Valverde, CEO da Zafiro, destaca que a ideia de uma verdadeira sala de cinema não é um projeto comum: “Em todas as mostras de arquitetura e decoração do país, nunca vimos nada parecido. O melhor é que podemos replicar a mesma ideia, com muita agilidade, em ambientes residenciais e corporativos”, explica.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Créditos fotos: Paulo Higor

Para garantir a excelência das exibições, quesito fundamental em salas de cinema, o ambiente conta com um projetor 4K, próprio para cinemas residenciais, além de uma tela ortophonica de 200 polegadas e um sistema de som 7.2.4 dolby Atmos. O projeto acústico, com  automação do áudio e vídeo, climatização, cortinas e iluminação completam a sensação de “cinema em casa” de forma única.

O Cinema Zafiro conta, ainda, com uma inclinação ideal que garante total a visibilidade, balizadores e acessibilidade para os visitantes.

De acordo com o memorial descritivo da Poligonus Arquitetura, a essência do cinema se faz onipresente no ambiente a partir da interação de luz, imagem e som, consolidando um ambiente singular. A experiência inicia-se a partir da luz, revelada por composição de cobogós, conduzindo o usuário por um infinito circuito iluminado.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Créditos fotos: Paulo Higor

O resultado é uma combinação perfeita entre acústica, iluminação e tela, correspondendo à idealização feita pelos arquitetos para entregar aos visitantes uma experiência sensorial completa, lembrando que cinema não se refere apenas às imagens passando em um telão.

O Cinema Zafiro também tem um papel interessante dentro da 22ª CASACOR Pernambuco. A ideia é movimentar o ambiente durante toda a mostra com exibições de curtas, longas, documentários, vídeos e até apresentações e palestras de conteúdos gratuitamente aos visitantes. Vários grupos já estão com sessões reservadas para usufruir do espaço com exclusividade.

E já que cinema combina bem com pipoca, o ambiente também traz um anexo que funciona como área gourmet antes da sessão.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Créditos fotos: Paulo Higor

A criação é da Zafiro com a Blend Pipocas Gourmet, que fecharam uma parceria para garantir a experiência completa: “Se a ideia é oferecer uma experiência sensorial completa, nada melhor que fechar essa programação com o paladar, através das degustações especiais das nossas pipocas gourmet”, finaliza Gerson Silva, das Pipocas Blend, presente no espaço.

Casacor Pernambuco 2019

O trio de arquitetas Bruna Lobo, Dani Paes Barreto e Soraya Carneiro Leão, do escritório ArqMULTI, é o responsável pela criação e desenvolvimento de Espaço de Sentir Arauco, espaço que busca equilibrar materiais rústicos e cores delicadas, apostando na contraposição para dar o tom do mobiliário, que conta com peças contemporâneas e texturas naturais.

A ideia do Espaço de Sentir Arauco é ser um ambiente acolhedor e com cara de casa, mesmo sendo um ambiente de trabalho, além de ser muito funcional e integrado à natureza, seguindo a temática “Planeta Casa” especial da CASACOR Pernambuco 2019.

Casacor Pernambuco 2019
Crédito das fotos: Paulo Higor – Crédito das fotos: Paulo Higor

A funcionalidade é, de fato, uma das principais premissas para a composição do ambiente, que brinca com os sentidos sem perder a natureza do bem-estar. Com 15 anos de história, o escritório arqMULTI opta por, nesta edição da mostra, explorar a interação entre os espaços de trabalho, que vão além da atmosfera tradicional.

No espaço predominam tons pastéis, com uma proposta clean e a valorização de elementos naturais e integrados para compor um lugar de trabalho acolhedor. A intenção é mostrar um novo jeito de viver e trabalhar através de locais mais confortáveis, amplos, claros e que valoriza o contato com a natureza.

Casacor Pernambuco 2019
Crédito das fotos: Paulo Higor – Crédito das fotos: Paulo Higor

Para Bruna Lobo, o resultado do projeto é um ambiente de trabalho contemporâneo e inovador, “que proporciona funcionalidade, conforto e bem-estar, tanto para o cliente que visitará quanto para quem irá trabalhar no local”, conta.

Como dito, o uso dos tons pastéis gera um clima tranquilo, propício à busca de novas ideias. Já a parede em pedra e o jardim trazem leveza para o espaço por meio da interação com a natureza: “O local destinado às reuniões tem uma mesa que pode ser usada para jantar ou um almoço de negócios e, com a mini copa, é possível proporcionar refeições agradáveis”, pontua Danielle Paes Barreto.

A iluminação também é direcionada para cada uso específico. Um detalhe de destaque é o Muxarabi, uma das heranças do casarão período colonial e que funciona como uma divisória para atribuir privacidade ao local. Feito em madeira com recortes a laser, foi utilizado para dividir o espaço e preservar a iluminação natural.

Casacor Pernambuco 2019
Crédito das fotos: Paulo Higor – Crédito das fotos: Paulo Higor

As texturas também estão presentes no local assinado pelas arquitetas. A textura madeirada do padrão Autentic Trend está presente no painel principal e no teto do espaço, reforçando a ideia de que os materiais autênticos continuam em alta, garantindo ambientes virtuosos e cheios de vivacidade por meio das imperfeições naturais da madeira.

A divisória do ambiente também conta com um padrão inspirado na madeira, Tinto. O elemento apresenta um carvalho escuro com tons avermelhados e contrastes discretos, o que transmite aconchego e exclusividade, proporcionando conforto ao local.

No mobiliário, o destaque é o padrão Sal Rosa, com a sua discreta tonalidade que permite uma decoração universal para todos os estilos e ambientes, sendo versátil e atemporal. “Esse espaço pode estar em uma residência, num imóvel comercial, ou ainda como parte de uma empresa. Pode ser utilizado para reuniões interativas com tecnologia e atividades como leitura, estudo e descanso”, completa Soraya.

Casacor Pernambuco 2019

Rafaela Bittencourt é a arquiteta responsável pelo Loft Morhar, um espaço progressista que utiliza de um conceito contemporâneo de moradia dos lofts nova-iorquinos, e explora os 44m²  do ambiente misturando tecnologia e arte em uma estética industrial.

Entre os destaques do projeto estão os espaços integrados, o pé direito alto e as amplas aberturas que levam a sensação de urbanidade para o interior do ambiente. As paredes de concreto também agregam uma atmosfera extremamente contemporânea ao projeto, enquanto a tecnologia garante que o espaço funcione de forma totalmente automatizada.

A escolha do revestimento das paredes, em Aparente Cinza, da Castellato, foi fundamental para dar identidade à proposta. Já o piso da Roca, com réguas na tonalidade e textura da madeira, além da estética, tem a função de aquecer o ambiente, aumentando também a sensação de lar e aconchego.

Casacor Pernambuco 2019
Crédito das fotos: Paulo Higor – Crédito das fotos: Paulo Higor

Para o mobiliário, de autoria dos designers de Gustavo Bittencourt e Guilherme Torres, a predominância é de dois materiais: couro e ferro. Compõem, ainda, o ambiente: poltrona e puff Patroa, da Mula Preta; Luminária Pau de Luz, de Alfio Lisio; Luminária Granp, de Jader Almeida e luminária Construction, da Mooi. 

A própria arquiteta também criou parte do mobiliário, mais especificamente o guarda-roupa que fica disfarçado no painel atrás da cama. O móvel foi projetado para manter uma leitura única no espaço, e especialmente pensado para as pessoas que gostam de esconder aquela “baguncinha” da cozinha integrada, com portas no sistema Camarão sendo possível a abertura quase que total do móvel.

A estante de ferro é outro móvel executado com exclusividade para o Loft Morhar, e cria a sensação de “emoldurar” a enorme tela de projeção situada na sala, além de ser um apoio para a copa. Essa integração típica de ambientes com pequenos mostra que a otimização desses espaços é possível justamente com o desenvolvimento de um mobiliário inteligente e funcional.

Casacor Pernambuco 2019
Crédito das fotos: Paulo Higor – Crédito das fotos: Paulo Higor

A cultura nacional está representada pelas obras de Marcelo Silveira, Márcio Almeida e Marcelo Sofá, que ainda ganham destaque com a iluminação natural criada através de uma imponente Bay Window em Pvc e vidro. Vale ressaltar que a utilização da luz natural é ponto importante dentro da temática da sustentabilidade, uma vez que ajuda a diminuir o uso de outras fontes de iluminação.

A grande janela arremata de vez a atmosfera industrial, impondo também elegância e conforto. A escolha de tons sóbrios como o cinza e o preto predominam no ambiente como um todo, por isso a decoração também ganhou alguns pontos de luz para dar mais personalidade e sofisticação ao projeto.

Casacor Pernambuco 2019
Crédito das fotos: Paulo Higor – Crédito das fotos: Paulo Higor

O Loft Morhar se destaca, ainda, pela junção da tecnologia ao design num ambiente moderno e extremamente confortável. O espaço é o que podemos chamar de casa conectada, na qual todos os equipamentos conversam entre si através da automação, levando praticidade e segurança ao usuário.

O resultado tão aconchegante é um dos mais modernos e jovens da 22ª CASACOR Pernambuco, funcionando como fonte de inspiração para muitas pessoas que também moram em espaços pequenos e querem inovar na moradia.

Casacor Pernambuco 2019

Paulo Carvalho e Luiza Nogueira são os responsáveis pelo projeto Refúgio Arbor, que propõe o contato com a natureza e traz inovações tecnológicas com soluções sustentáveis para uma experiência viva, interativa e sensorial.

O ambiente – que leva o nome da marca de cortinas e persianas Arbor – aposta na cultura da inovação, buscando a transformação a partir do interior de cada indivíduo. Com sustentabilidade e tecnologia aliadas, o espaço usa madeira de reflorestamento, telhas de fibras vegetais e as cortinas produzidas com matérias-primas recicláveis a fim de criar um lugar de refúgio e contemplação.

Os arquitetos dão um novo uso à antiga piscina do Casarão 17 de Agosto, indo além da superfície e transformando-a em um espaço de reflexão. A ideia é proporcionar um mergulho diferente: no lugar de água, o ambiente leva a uma imersão no conhecimento.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito de fotos: Paulo Duca

Um labirinto feito de cortinas translúcidas indica a trilha do Refúgio, que começa descendo as escadas. Com apenas silhuetas à mostra, a ideia é despertar a curiosidade da descoberta e provocar o descortinar pelo visitante.

A estrutura é feita de LVL, da Ekomposit, uma madeira de reflorestamento também conhecida como madeira laminada, que substitui o aço. A cobertura do espaço ficou por conta das telhas ecológicas da Onduline, que são produzidas com fibras vegetais, e o forro do teto é da Arauco, que utilizou Western, um padrão de madeira rústica em tábuas do tipo siding, com textura de madeira jateada, característico das construções do oeste norte-americano.

No entorno do ambiente também estão presentes os vidros refletivos da Vivix, com proteção solar, que proporcionam uma boa sensação térmica e, consequentemente, reduzem a necessidade do uso do ar-condicionado.

Dentro do ambiente predominam tons neutros, com cores que remetem à natureza, como verde presente no piso vinílico da Refinare, o cinza e os detalhes em azul. O aspecto natural fica ainda mais evidente com os espaços de vegetação que remetem ao mangue, feitos pela artista plástica Naiade Lins, além do paisagismo, realizado pela Villa Garden.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito de fotos: Paulo Duca

O ambiente conta ainda com uma sonorização, que ficou a cargo de Zéfiro, a partir de uma playlist feita exclusivamente para o Refúgio Arbor e que oferece uma verdadeira imersão no espaço, numa experiência sensorial com som, imagem e aromatização. Já o projeto de luz ficou por conta da Light Design e ressalta a estrutura de madeira, proporcionando uma sensação de aconchego ao local.

Os móveis, pensados especialmente para o espaço, foram feitos com madeiras de reflorestamento pela Bunker Design, além dos balanços em fibra, da Ovoo.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito de fotos: Paulo Duca

Entre as experiências que o visitante pode vivenciar no Refúgio Arbor, as oficinas de robótica em parceria com o Instituto MEmaker — projeto socioeducativo voltado para inovação com o objetivo de despertar o interesse na tecnologia e na arte, e que realiza um trabalho social com jovens de comunidades carentes, com idades entre 13 e 17 anos.

O jovens do MEmaker foram os responsáveis por desenvolver um chatbot Tina, que responderá às perguntas mais frequentes realizadas à empresa, além de um guia de ligação no ambiente.

Saiba mais em Casacor Pernambuco 2019

Casacor Pernambuco 2019

A arquiteta Ana Cristina Cunha é a criadora do Living Coral, um ambiente pensado para reunir família e amigos. O espaço também lança a Cor Coral 2020, por isso mesmo o ambiente faz a cor abraçar o visitante.

A preocupação com o design e o mobiliário são um convite para desacelerar em meio à rotina do dia a dia, e procura mostrar que é possível usar a cor vibrante como uma opção acessível para criar um ambiente sofisticado.

Nos 120m² do espaço, a arquiteta traz toda a sua experiência e criatividade como veterana em sua quinta participação na CASACOR PERNAMBUCO 2019. Ana opta por uma composição que mescla nas paredes os tons cinza, verde e terra, além da mistura de texturas também nas paredes, chão, móveis e decoração.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Créditos das fotos: Denilson Machado

Na área externa, o mobiliário tem uma pegada primitiva com materiais in natura modelados com o toque humano. As pedras dos móveis, da bancada e do tampo de mesa também estão sendo utilizadas com as suas próprias irregularidades, a fim de manter o ar rústico e natural das peças.

De acordo com Ana Cristina: “A proposta é fazer com que o ambiente seja um local agradável, em que as pessoas relaxem a ponto de se desconectar do mundo”, explica. Na área interna, a profissional projetou um living completo, com destaque para as paredes: “Criei painéis em sobreposição nas paredes para que o visitante possa perceber como a tinta pode ser trabalhada com elegância”, detalha a arquiteta.

Ana Cristina fez a curadoria do mobiliário, dos objetos e das obras de arte em função da paleta de cores das paredes. As peças escolhidas são em vidro e na cor branca. Já as telas exaltam a arte de artistas brasileiros – Manoel Veiga, Bruno Vilela e Jorge Souza – que ganham molduras pretas que acabam destacando ainda mais as obras.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Créditos das fotos: Denilson Machado

A arquiteta explica que os objetos são parte fundamental do Living Coral: “Os objetos dão personalidade ao ambiente. Eles precisam ter diálogo com o espaço, proporções, desenho e materiais que tragam harmonia”, explica a arquiteta.

Também seguindo o tema central proposto pela 22ª edição da CASACOR PE, a obra do Living Coral preza pela sustentabilidade. A arquiteta desenvolveu ao máximo uma construção seca, com o mínimo de resíduos.

Na área externa, a estrutura metálica minimiza as sujeiras de uma construção: “Todas as paredes são de drywall, que também é uma construção limpa”, conta Ana Cristina. Feita de vidro, a cobertura permite uma grande entrada de luz natural, além do contato com a paisagem externa.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Créditos das fotos: Denilson Machado

É importante ressaltar que todo o material do Living Coral vai ser realocado depois. Assim como as pedras que estão sendo usadas ao natural, todos os objetos não sofreram alterações: “Optamos por não cortá-los para que possam retornar ao distribuidor da mesma forma que saíram das pedreiras, assim poderão ser vendidos ao consumidor final sem modificações ou prejuízos”, explica a profissional.

O Living Coral conta ainda com parceiro especiais, entre eles: Tintas Coral; Finni; Daluz; Itálica; Morhar; Villa Garden; Marmorart; Cosentino; Cerâmica Elizabeth; Deca; Eletromec; LG e Vivix Vidros.

Casacor Pernambuco 2019

Elisa Coelho é a arquitetura responsável pelo espaço Joalheria ME, que aposta na elegância e na sofisticação para um ambiente que, justamente, trata de um tema tão luxuoso: as joias.

Com uma fachada que brinca com pesos e preenchimentos através de elementos verticais que percorrem as paredes, o projeto abriga a loja ME, de Duda Queiroz, com peças de autoria da artista em exposição.

Todo o revestimento do ambiente remete às pedras preciosas, e procura passar a ideia de atemporalidade que as joias apresentam. Para isso, a escolha e uma paleta de cores com tonalidades branca e preta, dentro de uma estética minimalista, faz todo o sentido e atinge o resultado desejado.

A arquiteta, que participa pela primeira vez da CASACOR Pernambuco, optou por empregar um estilo autoral, contemporâneo e monocromático ao trabalho. A fachada, toda em vidro da Vivix, é um dos grandes destaques do projeto, especialmente por lembrar uma caixa de joias.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Rogério Maranhão

O jogo de espaços cheios e vazios criado com elementos verticais e revestimento com textura em pedras semipreciosas agrega charme e muita sofisticação ao visual final. Como destaca Elisa: “O intuito do projeto foi promover um mistério, gerado pela caixa e, ao adentrar na loja, ser surpreendido pelo ambiente em seus detalhes, e com as joias, é claro”, explica a arquiteta.

Dentro da loja aparecem as tonalidades de branco, preto e o cinza, com toques de aconchego conferidos pela madeira e por materiais texturizados, como o couro e veludo. A ideia é ressaltar a elegância e a sofisticação que esse ambiente transmite atrelado à afetividade que está presente nas peças da marca ME, e que também é uma característica típica das joias – não à toa, muitas famílias têm a tradição de repassar joias como forma de manter a memória da mesma.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Rogério Maranhão

No mobiliário, as peças da Mula Preta, assim como as poltronas do renomado designer brasileiro Sérgio Rodrigues, ressaltam a proposta de surpreender os visitantes com detalhes icônicos dentro da joalheria. O mobiliário conta, ainda, com uma mesa de atendimento aos clientes desenhada pela própria arquiteta,e  toda feita com uma composição de madeira e vidro. O móvel ganha os pendentes Elo, assinados por Léo Shehtman, que funcionam como o hot spot desse canto.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito das fotos: Rogério Maranhão

Fazem parte também da criação do ambiente: DaLuz Iluminação, Italica Casa, LG PE, Ovoo Recife, Sipacor, Finestra, Finni, Tintas Coral, Finger Casa Forte, Desenho Design, Refinare, BiancoGres Cerâmica e Morhar Automação.

O piso, com o revestimento marmorizado, juntamente com os varões dispostos verticalmente em dourado fosco fazem alusão ao processo da extração de ouro e das pedras preciosas, desde o garimpo até o trabalho do ourives, transformando as matérias-primas em peças raras e de grande valor.

Como a ideia do ambiente é realmente dar total destaque às joias, outras peças decorativas acabam sendo obsoletas no projeto, afinal, o espaço precisa entregar todo o foco para a exposição das peças de Duda Queiroz, o que é realizado com maestria pela arquiteta. Não faltará vontade aos visitantes de saber mais sobre o trabalho das duas profissionais.

Casacor Pernambuco 2019

A proposta das arquitetas Daniela Pessoa e Fabíola Occenstein é reinventar um espaço que raramente ganha projetos especiais de design, a garagem. Como explica Daniela: “Criamos um universo especial para mentes criativas sentirem, viverem, dividirem experiências e ideais de sustentabilidade. Cada consumo é necessariamente sustentável e consciente, saber sua procedência é primordial, assim como valorizar nossa cultura, país e nossas raízes”, define a arquiteta.

O espaço Garagem Gourmet Lexus também leva a sério o tema da 22ª CASACOR Pernambuco 2019, “Planeta Casa”, e procura criar uma expressão significativa de arte e design para o ambiente, ao mesmo tempo em que integra elementos da natureza em harmonia com a tecnologia e a inovação.

O charme da garagem gourmet está no ambiente equilibrado, sem excessos, de modo que os visitantes se sente à vontade e, especialmente, com vontade de ficar mais tempo no espaço, que exprime conforto e sensibilidade em cada detalhe de sua singularidade.

A intenção das arquitetas em fazer da garagem “o melhor lugar da casa para passar um tempo” é realmente ousada e criativa. A utilização de elementos da natureza também tem a finalidade de estimular os sentidos dos visitantes, seja com o contato, o olfato, a visão ou os  sons – tudo isso muito bem representado especialmente pela cascata em forma de cortina, caindo no fundo do cantinho Home Office.

Casacor Pernambuco 2019
Casacor Pernambuco 2019 – Crédito de fotos:Denilson Machado

“Procuramos trabalhar as diferenças com harmonia. Aqui não repetimos, buscamos o ritmo das misturas, das formas, do design e da arte. O equilíbrio vem dessa harmonia”, explica a arquiteta Daniela Pessoa sobre o espaço que desenvolveu junto a Fabíola Occenstein.

O ambiente conta ainda com peça especiais de vários designers brasileiros. São eles:

  • Banco Magrini, de Sérgio Rodrigues;
  • Banco Bo, de Zanine;
  • Mesa de jantar Viga, de Mula Preta;
  • Poltrona Mad, cadeira Windsor, lustre Nutt, cadeira Clad, mesa Cigg, todos de Jader Almeida;
  • Banco Benjamin, de Gustavo Bittencourt;
  • Cadeira Nena, de Sérgio Rodrigues.

Para as arquitetas, o consumo consciente é adquirir produtos eticamente corretos, de relevância funcional e propriedades sustentáveis, além da valorização de produtos nacionais. Dentro da Garagem Gourmet Extra, um exemplo desse consumo consciente é a Mesa Água, do Tórtora, artesão que já trabalhava com matéria-prima reciclada quando ainda nem se ouvia falar em sustentabilidade. Seu trabalho, totalmente feito à mão, transforma papel Kraft em qualquer objeto. O processo é surpreendente e belíssimo!

Os vários formatos de iluminação favorecem especialmente os objetivos do ambiente, e por isso mesmo é um dos principais elementos do projeto: “Pensamos em todas as possibilidades de fonte de luz que o ambiente pode ter – spots, luminárias pendentes, de parede e de chão – tudo o que pode ajudar a criar uma certa sensação de movimento na iluminação. Além da iluminação natural que explode na caixa de vidro que projetamos para a garagem”, explica Daniela.

A parede inteira de vegetação é vista por toda a extensão do lounge e da garagem, criando uma interação com o ambiente interno e minimizando o aspecto pesado do paredão que existe.

O resultado da Garagem Gourmet Lexus é um dos mai surpreendentes da 22ª CASACOR PE 2019.