revistaSIM Arquitetura Wandenkolk Tinoco DESTAQUE Credito Lucas Oliveira 1155x500 - Wandenkolk Tinoco, a arquitetura brasileira perde o mestre

Wandenkolk Tinoco, a arquitetura brasileira perde o mestre

Faleceu na última quarta-feira (04), o arquiteto Wandenkolk Tinoco. O arquiteto que inspirou  e continuará inspirando outros profissionais nos deixou aos 85 anos. 

svg%3E - Wandenkolk Tinoco, a arquitetura brasileira perde o mestre
(Foto: Lucas Oliveira).

Wandenkolk se formou em 1958 na Faculdade de Belas-Artes do Recife, e de lá para cá gravou seu nome na história da arquitetura brasileira. Dono de um pensamento á frente do seu tempo, ele mudou a forma de morar, levando o verde para dentro de casa, priorizando o equilíbrio, as formas e suas nuances. Fez uso do modernismo, mas sem deixar de lado a sua cultura nordestina.

Participação de Wandenkolk Tinoco na revistaSIM 

As participações do arquiteto Wandenkolk Tinoco na nossa revistaSIM foram inúmeras. A última em especial foi sobre o DNA do arquiteto, onde ele defendeu a ideia de que a arquitetura deve ser cenográfica para criar um impacto, mas sem ser cenário. Para ele, o profissional da arquitetura é importante na sociedade moderna porque é o organizador do espaço urbano, interno, de transição e de expressão. 

svg%3E - Wandenkolk Tinoco, a arquitetura brasileira perde o mestre
(Foto: reprodução).

“A arquitetura é a arte da síntese. Você tem que pegar todos os elementos e sintetizar em uma única coisa, ora formalmente, ora funcionalmente, agregando todos os seus equipamentos e adereços. Para mim, a arquitetura tem que ter epiderme, porque o bom é belo, assim como o funcional. A arquitetura fala nas entrelinhas”, nos disse Wandenkolk no terraço da sua casa.

Para ele, a arquitetura tenha como propósito levar utilidade ao homem, fazendo com que ele interaja com esse ambiente e crie um vínculo.

“ Eu me me lembro que, na década de 70, pelejei muito para criar essa questão de jardins nos prédios e fiz com o Villa Mariana e outros. Acredito que se tem que vender qualidade e não só espaço e alvenaria e, sim, qualidade de vida. O arquiteto tem que fazer com que o homem não só habite o apartamento, ele tem que viver no espaço. A pessoa tem que chegar em casa e se sentir abraçada pela boa arquitetura”, defendeu Wandenkolk Tinoco. 

As principais obras do mestre:

svg%3E - Wandenkolk Tinoco, a arquitetura brasileira perde o mestre
( Foto: reprodução ).
  • Villa Bella (SP), em parceria com o sócio da época Ênio Eskinazi; 
  • O Villa Mariana (Recife);
  • Villa da Praia (SP);
  • E o Villa Cristina (SP), em parceira com Antônio Callou da Cruz;
  • Foram mais de 40 prédios com a assinatura do mestre Wandenkolk Tinoco. 

Portanto, nossos sentimentos à toda a família e para os que assim como nós, sempre nutriram muita admiração, respeito e muito carinho pelo mestre. E que acima de tudo, o seu legado permaneça vivo e continue influenciando para sempre os arquitetos.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.