HU1 - #TENDÊNCIAS: Cozinhas Gourmet unem gastronomia e arquitetura
Foto: Divulgação

#TENDÊNCIAS: Cozinhas Gourmet unem gastronomia e arquitetura

Nos últimos anos, a cozinha assumiu uma função que vai além do preparo de refeições e armazenamento de equipamentos e alimentos. O espaço tem se tornado um espaço de lazer, para os que gostam de gastronomia e de convivência, para aqueles que não hesitam em convidar amigos e familiares para um happy hour regado a um delicioso e bem elabora cardápio. Aliás, esse é basicamente o perfil de público que investe em projetos desse tipo. “A maioria dos clientes são homens que sentem prazer em cozinhar e querem um ambiente específico e sofisticado para usar e passar momentos especiais”, pontua Geralda Costa, gerente comercial da Kitchens em Recife.

De acordo com ela, além do tradicional espaço já destinado para a cozinha, o estilo pode ser incluído ainda na varanda, opção implantada normalmente em locais maiores com a proposta de unir itens singulares que passa a ser chamado de varada gourmet, um assunto que será abordado com mais detalhes nas próximas edições da seção #TENDÊNCIAS.

Mesmo em espaços compactos, como o dos estúdios e residências menores, é possível ter uma cozinha funcional e sofisticada. “Planejando bem, é surpreendente o grau de eficiência que se pode atingir, mesmo em espaços pequenos. E lembrando também que se o cliente gosta de cozinhar, porque não “invadir” um pouco da área social?”, sugere o arquiteto José Claudio Falchi.

A arquitetura pode contribuir com a integração entre os espaços implantando um conceito mais aberto para este ambiente o que permitirá visão e interação entre quem está na cozinha e quem fica nas áreas comuns. “Um espaço para que os amigos se reúnam perto, de preferência, ao longo de um balcão que se une à mesa de comer. Trata-se de um projeto bastante técnico, que só será funcional se o arquiteto explorar, da melhor forma, a distribuição dos equipamentos pelo espaço disponível, gerando um fluxo contínuo para o trabalho do cozinheiro”, aponta Falchi.

Equipamentos como coifa, gaveta térmica, máquinas de fazer gelo, adega, forno elétrico e cooktops são os itens mais vistos em uma estrutura de cozinha gourmet. “São sempre opções com um design arrojado que unem funcionalidade e qualidade”, afirma Geralda.

A composição fica a cargo do estilo do cliente. No entanto, segundo a diretora da Inpermal, Juliana Machado, muitos dos projetos optam por itens e uma decoração que priorizam cores neutras. “As pessoas geralmente tem medo de ousar e acabam escolhendo um modelo com mais cores brancas, por exemplo. Mas, é importante dizer, que o espaço não restringe o uso de tonalidades mais fortes e que mesclar o próprio branco com itens coloridos e peças mais escuras dão um toque de personalidade”, destaca. Além disso, o arquiteto Falchi frisa que é fundamental somar uma ótima iluminação, priorizando a natural, e ventilação com grandes janelas, se possível, ou menores mas diretamente sobre as áreas de trabalho.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
revistaSIM Decor Afetiva Destaque Credito Patrick Perkins Unsplash 390x390 - #TENDÊNCIAS: Cozinhas Gourmet unem gastronomia e arquitetura
Saiba como montar uma decoração afetiva na sua casa!