imagens de obras 032 2016 02 04 23 00 35 UTC - Carlos Mélo ocupa o SESC Ler Belo Jardim

Carlos Mélo ocupa o SESC Ler Belo Jardim

O SESC Ler Belo Jardim, recebe a partir desta quinta-feira (24), a nova individual do artista plástico Carlos Mélo. A mostra está dentro da programação da Residência Belojardim, projeto do Instituto Conceição Moura, que chega a sua segunda edição. Reunindo desenhos, fotografias e vídeo, a mostra propõe contextualizar a obra do artista. Carlos desembarcou na cidade em março deste ano para produzir o filme de média metragem “Barroco Oco”  – que será exibido publicamente no dia 30 de junho.

emissao 2014 video 11minutos 1 - Carlos Mélo ocupa o SESC Ler Belo Jardim
Trabalho de Carlos Mélo não se atém a nenhum meio ou técnicas específicos (Foto: Divulgação)

As obras foram produzidas nos últimos 15 anos, abordando imagens e questões recorrentes na trajetória do artista. Com uma pesquisa centrada no corpo como lugar de trânsito de afetos e de produção de múltiplas subjetividades, o trabalho de Carlos Mélo não se atém a nenhum meio ou técnicas específicos. Sua produção se manifesta em uma variedade de plataformas escolhidas de acordo com as demandas de cada projeto. “É um recorte da minha produção nos últimos anos. São trabalhos bem pontuais”, explica o artista.

images 1 - Carlos Mélo ocupa o SESC Ler Belo Jardim
Produção se manifesta em uma variedade de plataformas escolhidas (Foto: Divulgação)

As duas fotografias da série Véspera (2004) que integram a exposição têm como cenário um auditório tipicamente utilizado para eventos institucionais e corporativos, onde Carlos cria imagens inusitadas que subvertem o protocolo do uso destes espaços de poder. Sobre um conjunto de microfones pairam pés. “É como se o corpo flutuasse por cima do discurso oficial; enquanto a outra mostra uma série de cadeiras de escritório, enfileiradas, serpenteando pelo espaço”, diz.

expo laura rio 1 2016 02 04 23 00 35 UTC - Carlos Mélo ocupa o SESC Ler Belo Jardim
Desenho da série Abismos (Foto: Divulgação)

A mostra inclui ainda dois desenhos da série Abismos (2008), nos quais as linhas delicadas formam imagens espectrais de corpos em diferentes estágios de fragmentação. Nessa série, Carlos cria um diálogo com o autorretrato.

A exposição conta ainda com o vídeo Emissão (2014), exibido no 19o. Festival de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil (2015), no qual o artista lê o Manifesto do Rio Negro, redigido em 1978 pelo crítico francês Pierre Restany. Em sua leitura, Mélo incorpora uma expressão feminina, como um xamã que tem acesso a realidades para além do tempo e espaço presentes.

imagens de obras 032 2016 02 04 23 00 35 UTC - Carlos Mélo ocupa o SESC Ler Belo Jardim

A residência

Idealizada por Mariana Moura, presidente do Instituto, e com curadoria de Cristiana Tejo e Kiki Mazzucchelli, e produção da Automatica (RJ), a residência tem como objetivo expandir as ações culturais do instituto para o campo das artes visuais, contemplando um artista a cada ano para desenvolver projetos especialmente comissionados que dialogam com as diferentes dinâmicas culturais, econômicas, políticas e sociais da região agreste de Pernambuco.

 

Exposição Carlos Mélo

Abertura, quinta-feira, 24 de maio, às 19h30

Período da exposição: de 24 de maio a 28 de julho de 2018

Galeria de Artes do SESC Ler Belo Jardim

Endereço: Rua Pedro Leite Cavalcante Sn, COHAB ll, Belo Jardim – PE

Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 09h às 13h, e das 14h às 18h.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Leia Mais
revistaSIM Arte Exposicao Ploeg e outras narrativas Capa Destaque 390x390 - Carlos Mélo ocupa o SESC Ler Belo Jardim
Roberto Ploeg com nova exposição de arte